Iniciar sessão

MISSA QUINTA-FEIRA DÉCIMA OITAVA SEMANA DO TEMPO COMUM 2015

Você pode instalar nossa extensão do ciclo litúrgico em seu site Blogger, Wordpress e Joomla.

A Igreja Católica Romana, de acordo com o general romano Calendário, comemora em Quinta-feira, 2015-08-06 o seguinte:

  • Transfiguração do Senhor 2015:

    PRIMEIRA LEITURA DA MISSA

    Serviam-no milhares de milhares.

    Leitura da Profecia de Daniel 7,9-10.13-14

    9Eu continuava olhando
    até que foram colocados uns tronos,
    e um Ancião de muitos dias aí tomou lugar.
    Sua veste era branca como neve
    e os cabelos da cabeça, como ló pura;
    seu trono eram chamas de fogo,
    e as rodas do trono, como fogo em brasa.
    10Derramava-se aí um rio de fogo
    que nascia diante dele;
    serviam-no milhares de milhares,
    e milhões de milhões assistiam-no ao trono;
    foi instalado o tribunal
    e os livros foram abertos.
    13Continuei insistindo na visão noturna,
    e eis que, entre as nuvens do céu,
    vinha um como filho de homem,
    aproximando-se do Ancião de muitos dias,
    e foi conduzido à sua presença.
    14Foram-lhe dados poder, glória e realeza,
    e todos os povos, nações e línguas o serviam:
    seu poder é um poder eterno
    que não lhe será tirado,
    e seu reino, um reino que não se dissolverá.
    Palavra do Senhor.

    SALMO RESPONSORIAL

    Sl 96(97),1-2.5-6.9 (R. 1a.9a)

    R. Deus é Rei, é o Altíssimo, muito acima do universo.
    1Deus é Rei! Exulte a terra de alegria, *
    e as ilhas numerosas rejubilem!
    2Treva e nuvem o rodeiam no seu trono, *
    que se apóia na justiça e no direito.R.
    5As montanhas se derretem como cera *
    ante a face do Senhor de toda a terra;
    6e assim proclama o céu sua justiça, *
    todos os povos podem ver a sua glória.R.
    9Porque vós sois o Altíssimo, Senhor,
    muito acima do universo que criastes, *
    e de muito superais todos os deuses.R.

    SEGUNDA LEITURA DA MISSA

    Esta voz, nós a ouvimos, vinda do céu.

    Leitura da Segunda Carta de São Pedro 1,16-19

    Caríssimos:
    16Não foi seguindo fábulas habilmente inventadas
    que vos demos a conhecer o poder e a vinda
    de nosso Senhor Jesus Cristo,
    mas sim, por termos sido testemunhas oculares
    da sua majestade.
    17Efetivamente, ele recebeu honra e glória
    da parte de Deus Pai,
    quando do seio da esplêndida glória
    se fez ouvir aquela voz que dizia:
    "Este é o meu Filho bem-amado,
    no qual ponho o meu bem-querer".
    18Esta voz, nós a ouvimos, vinda do céu,
    quando estávamos com ele no monte santo.
    19E assim se nos tornou ainda mais firme
    a palavra da profecia,
    que fazeis bem em ter diante dos olhos,
    como lâmpada que brilha em lugar escuro,
    até clarear o dia
    e levantar-se a estrela da manhã em vossos corações.
    Palavra do Senhor.

    EVANGELHO DA MISSA

    O seu rosto brilhou como o sol.

    + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 17,1-9

    Naquele tempo:
    1Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão,
    e os levou a um lugar à parte, sobre uma alta montanha.
    2E foi transfigurado diante deles;
    o seu rosto brilhou como o sol
    e as suas roupas ficaram brancas como a luz.
    3Nisto apareceram-lhes Moisés e Elias,
    conversando com Jesus.
    4Então Pedro tomou a palavra e disse:
    'Senhor, é bom ficarmos aqui.
    Se queres, vou fazer aqui três tendas:
    uma para ti, outra para Moisés, e outra para Elias.'
    5Pedro ainda estava falando,
    quando uma nuvem luminosa os cobriu com sua sombra.
    E da nuvem uma voz dizia:
    'Este é o meu Filho amado,
    no qual eu pus todo meu agrado.
    Escutai-o!'
    6Quando ouviram isto, os discípulos ficaram muito
    assustados e caíram com o rosto em terra.
    7Jesus se aproximou, tocou neles e disse:
    'Levantai-vos, e não tenhais medo.'
    8Os discípulos ergueram os olhos e não viram mais
    ninguém, a não ser somente Jesus.
    9Quando desciam da montanha, Jesus ordenou-lhes:
    'Não conteis a ninguém esta visão até que o
    Filho do Homem tenha ressuscitado dos mortos.'
    Palavra da Salvação.

  • QUINTA-FEIRA DÉCIMA OITAVA SEMANA DO TEMPO COMUM 2015:

    Tempo Comum.

    PRIMEIRA LEITURA DA MISSA

    Jorrou água em abundância.

    Leitura do Livro dos Números 20,1-13

    Naqueles dias:
    1Toda a comunidade dos filhos de Israel
    chegou ao deserto de Sin,
    no primeiro mês, e o povo permaneceu em Cades.
    Ali morreu Maria e ali mesmo foi sepultada.
    2Como não havia água para o povo,
    este juntou-se contra Moisés e Aarão,
    3e, levantando-se em motim, disseram:
    'Antes tivéssemos morrido,
    quando morreram nossos irmãos diante do Senhor!
    4Para que trouxestes a comunidade do Senhor a este deserto,
    a fim de que morrêssemos, nós e nossos animais?
    5Por que nos fizestes sair do Egito
    e nos trouxestes a este lugar detestável,
    em que não se pode semear,
    e que não produz figueiras, nem vinhas, nem romãzeiras,
    e, além disso, não tem água para beber?'
    6Deixando a comunidade,
    Moisés e Aarão foram até a entrada da Tenda da Reunião,
    e prostraram-se com a face em terra.
    E a glória do Senhor apareceu sobre eles.
    7O Senhor falou, então, a Moisés, dizendo:
    8'Toma a tua vara e reúne o povo, tu e teu irmão Aarão;
    na presença deles ordenai à pedra e ela dará água.
    Quando fizeres sair água da pedra,
    dá de beber à comunidade e aos seus animais'.
    9Moisés tomou, então, a vara que estava diante do Senhor,
    como lhe fora ordenado.
    10Depois, Moisés e Aarão
    reuniram a assembléia diante do rochedo,
    e Moisés lhes disse: 'Ouvi, rebeldes!
    Poderemos, acaso, fazer sair água desta pedra para vós?'
    11E, levantando a mão,
    Moisés feriu duas vezes a rocha com a vara,
    e jorrou água em abundância,
    de modo que o povo e os animais puderam beber.
    12Então o Senhor disse a Moisés e a Aarão:
    'Visto que não acreditastes em mim,
    para manifestar a minha santidade
    aos olhos dos filhos de Israel,
    não introduzireis este povo na terra que lhe vou dar'.
    13Estas são as águas de Meriba,
    onde os filhos de Israel disputaram contra o Senhor,
    e ele lhes manifestou a sua santidade.
    Palavra do Senhor

    SALMO RESPONSORIAL

    Sl 94,1-2.6-7.8-9 (R. 8ab)

    R. Oxalá ouvísseis hoje a sua voz:Não fecheis os corações como em Meriba
    1Vinde, exultemos de alegria no Senhor,*
    aclamemos o Rochedo que nos salva!
    2Ao seu encontro caminhemos com louvores,*
    e com cantos de alegria o celebremos!R.
    6Vinde adoremos e prostremo-nos por terra,*
    e ajoelhemos ante o Deus que nos criou!
    7Porque ele é o nosso Deus, nosso Pastor,
    e nós somos o seu povo e seu rebanho,*
    as ovelhas que conduz com sua mão.R.
    8Oxalá ouvísseis hoje a sua voz:
    'Não fecheis os corações como em Meriba,*
    9como em Massa, no deserto, aquele dia,
    em que outrora vossos pais me provocaram,*
    apesar de terem visto as minhas obras'.R.

    EVANGELHO DA MISSA

    Tu és Pedro. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus.

    + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 16,13-23

    Naquele tempo:
    13Jesus foi à região de Cesaréia de Filipe
    e ali perguntou aos seus discípulos:
    'Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?'
    14Eles responderam:
    'Alguns dizem que é João Batista;outros que é Elias;
    Outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas.'
    15Então Jesus lhes perguntou:
    'E vós, quem dizeis que eu sou?'
    16Simão Pedro respondeu:
    'Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo.'
    17Respondendo, Jesus lhe disse:
    'Feliz és tu, Simão, filho de Jonas,
    porque não foi um ser humano que te revelou isso,
    mas o meu Pai que está no céu.
    18Por isso eu te digo que tu és Pedro,
    e sobre esta pedra construirei a minha Igreja,
    e o poder do inferno nunca poderá vencê-la.
    19Eu te darei as chaves do Reino dos Céus:
    tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus;
    tudo o que tu desligares na terra será desligado nos céus.'
    20Jesus, então, ordenou aos discípulos
    que não dissessem a ninguém que ele era o Messias.
    21Jesus começou a mostrar aos seus discípulos
    que devia ir à Jerusalém
    e sofrer muito da parte dos anciãos,
    dos sumos sacerdotes e dos mestres da Lei,
    e que devia ser morto e ressuscitar no terceiro dia.
    22Então Pedro tomou Jesus à parte
    e começou a repreendê-lo, dizendo:
    'Deus não permita tal coisa, Senhor!
    Que isto nunca te aconteça!'
    23Jesus, porém, voltou-se para Pedro, e disse:
    'Vai para longe, Satanás!
    Tu és para mim uma pedra de tropeço,
    porque não pensas as coisas de Deus
    mas sim as coisas dos homens!'
    Palavra da Salvação.

Conteúdo última actualização em 2012-01-10T00:00:00Z